Video caseiro brasileiro amador esposa super boqueteira super foda com chifrudo de tijuana

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Video caseiro brasileiro amador esposa super boqueteira super foda com chifrudo de tijuana

Video caseiro brasileiro amador esposa super boqueteira super foda com chifrudo de tijuana

O pau dele estava super duro mesmo depois de ter gozado, então ele sussurrou bem baixinho no meu ouvido:“Posso comer seu cuzinho?”Eu deixei porque estava muito bom, mas eu tinha muito medo de fazer anal por causa da dor, só pedi pra ele ser gentilEle colocou o pau no meu cuzinho e não doeu muito, foi até bom, enquanto ele metia no meu cuzinho e acariciava meu clitóris ao mesmo tempo. – Seu idiota! Num sabe que caçar é proibido?!Depois de ler este conto, acesse o vídeo em:Depois de muitas conversas e várias discussões minha esposa passou a entender que também sentia falta de algo novo e mais quente, entretanto havia ao longo da vida adquirido padrões vitorianos de liberdade sexual, para entenderem até mesmo se tocar ela ainda não dominava e nem mesmo sentia o prazer de verdade que isso pode dar.

Nunca imaginei, mas minha mãe, que aparentava ser uma santa, era na verdade, uma boqueteira profissional. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Derrepente ela chegou no quarto, e eu deixei um dos videos que ela viu rodando na tela"Eu estava ficando excitada, abri um pouco as pernas e ele conseguiu acesso a minha boceta, por cima da roupa, pressionando os dedos, como se estivesse tentando penetrarminha vagina.

Fui direto pro sitio, cheguei lá e o caseiro já havia saido, e lá estavam denovo os tres cães do dia anterior tentando fuder a cadela, fiquei olhando enquanto descansava e pensava, já havia bulinado ela muitas vezes com os dedos, mais sempre que tentava meter não conseguia, pois ela não estava no cio e só conseguia meter a cabeça do pau, era muito apertada.

E olha que ali ela usava biquínis supercomportados! Se ele a visse na praia acho que teria um infarto.

-`Peraí, issso não é coisaaa…ah!…Aaaah…Sua louquinha!!!Eu já estava com metade de seu pau dentro da boca lhe sugando com toda vontade que eu estava pra mamar numa verga!! Em qualquer verga!! Mesmo na do chifrudinho de meu marido!! Chifrudo de dois!! De meu irmão e do chefe dele!! Foi Rafer, o chefe, quem gozou pela primeira vez em minha boca!! Ele me ensinou direitinho como ir com minha boquinha até a base de sua imensa rola e deixar a cabeçona da glande se acomodar no fundo de minha garganta, ficar aí sugando o máximo de tempo que minha respiração permitia e depois deslizar meus ovalados lábios de volta até o final da torona e a base da cabeçorra arroxeada, continuando sugando, enquanto minha saliva escorria pela aquela haste de carne endurecida, me lambuzando todo o queixo e as buchechas! E o final que eu mais adorava era quando eu sentia que ele estava próximo de gozar, eu me concentrava na siririquinha que fazia em meu grelinho e sincronizava meu gozo com a mangueirada de esperma em minha boca!-Aiii! Amorzinho…como você faz gostosinho!! Você… nunca… foi aaassiiiiimmm! Aahhh!Aquilo que ele disse me alertou.

Ele é o cara mais gostoso que eu já vi! Só de ver ele eu fiquei molhada no meio do lugar!!!Para a minha sorte, meu jeito brasileiro, 1,77 de altura, minha bunda grande e meu cabelo cacheado chamavam a atenção no meio de tanta mulher loira, magra e sem graça.