Vazou na web brasileira mulata sarada cavalgando com seu macho de sorte – rj

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Vazou na web brasileira mulata sarada cavalgando com seu macho de sorte – rj

Vazou na web brasileira mulata sarada cavalgando com seu macho de sorte – rj

Nossa, meu pau tava quase se rachando de tão duro, me controlei pra não gozar nessa hora.

Ela apertou meu pau que estava à meia bomba e pediu pra chupar.

MINHA MULHER VIAJOU PARA FORTALEZA, SUA TERRA NATAL E NA VOLTA TROUXE UMA SOBRINHA, FUI APANHA-LA NO AEROPORTO JÁ SABENDO DA NOVIDADE, SÓ NÃO SABIA QUE A GAROTA ERA TÃO BONITA, QUANDO SAIRAM AS DUAS DO SGUÃO A´POS ABRAÇAR E BEIJA A SARA PUDE ENTÃO ADIMIRAR A BELEZA DA MENINA, COM 12 ANOS É MUITO DESENVOLVIDA PRA IDADE, CORPO BEM DEFINIDO, SEIOS EM FORMAÇÃO, CINTURA FINA E UM BUMBUM LINDO, PERNAS LONGAS E BEM TORNEADAS, MORENA MUITO CLARA, OLHOS GRANDES E LÁBIOS CARNUDOS, UMA TETÉIA A SOBRINHA QUERIDA, A ABRACEI E BEIJEI-A NO ROSTO APÓS AS APRESENTAÇÕES E FOMOS PARA CASA, MORAMOS NO FLAMENGO.

Mulata, bonita, boa de papo, sempre que ela ia em meu apartamento era motivo de muita conversa, muito riso. Gostou tanto que ela mesma pegou meu pau.

Queria dar o cuzinho sem dó para aquele macho gostoso, então o convidei para dormir na minha casa, o que ele aceitou. Por fim, foi a vez de Natália:– Bora Larissinha?– Não, vou dar mais um tempinho aqui, aproveitando esse restinho de sol…Assim, ficamos apenas eu e Larissa; ela, deitada de bruços e eu, dentro da piscina. Aquela menina , quando tirou a roupa , se mostrou um mulherão! Corpo sarado, toda branquinha, cheia de tatuagens , perna sarada, cabelo loiro, bunda grande e durinha, buceta rosinha… ficamos pelados , mas ela não me deu.

logo passou uns dias e meu pai foi viajar c minha irma e meu irmão foi p quartel.

Depois disso formámos um clube onde sorteamos os pares para cada noite de Sábado, excepto se houver novos membros a entrar, pois a entrada passa por ver a mulher a ser arrombada pelo Carlos com todos do clube a assistir e o João a gravar para a nossa biblioteca.

Depois de muitas estocadas me empurra prá cama e senta no mastro, cavalgando e me levando a loucura. – eu disse, mas aquela altura ele já tinha tirado a camiseta-Relaxa Querida. E lá foram eles, conversando, ela disse que era brasileira, ele era dali mesmo.

– hoje eu não perdoo, teu cuzinho é meu, tua boca é minha1Terminou a frase batendo em um dos meu peitos a essa altura completamente roxos, me contorci de dor, quando abri a boca para soltar um gemido fraco ele enfiou o seu pau até a minha garganta.

com"A luz do sol refletia diretamente na janela do nosso quarto.

Eu conheço aquele olhar, mas não tinha tempo pra ele.