Sexo com morena rabuda cavalgando na vara

Sexo com morena rabuda cavalgando na vara

Sexo com morena rabuda cavalgando na vara

Nesse momento eu cheguei bem perto dela e a beijei de uma forma violenta e dominadora, parei, olhei dentro dos seus olhos e disse:– Pra fazer de você o que você quer ser, a minha vadia – e comecei a beijar seu pescoço e abrir os botões de sua camisa.

Vida boa eles tinham, depois de baladas e com os pais bem distantes!"Obedeci, empinei bem a bundinha a espera de uma pau cheio de veias,e não demorou muito,logo o safado meteu tudo dentro de mim,seguido de um belo tapa na minha bunda,um vai e vem frenético que me fez gozar outra vez…"Esta historia aconteceu no carnaval desse ano, meu pessoal foi para a praia e eu tive que ficar , pois tinha umas coisas pra resolver, e depois disso eu tambem iria se o tempo estivesse bom, como o tempo não mudou resolvi ir para o sitio, eu teria dois dias inteiros pra fazer o que quisesse, mais já tinha algo planejado. Ele pareceu perceber meu nervosismo, e perguntou:– Então, cara, o que é que eu posso fazer por você? Eu disse:– Bom, eu tenho a fantasia de pegar um pau e chupar.

-E tu vai ser PUTA pro resto da vida. E quando chegou a pior hora de deixar ela na rua, fiquei preocupado em sair e alguém me visse saindo com aquela cadela, já que moro em apto e todos me conhecem.

Linda, morena clara, cabelos longos, olhos vivos, falsa magra, 1,65… e uma simpatia. a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias….

Acoordamos no outro dia e a pirmeira coisa que ela me disse foi: “Amiga, onde está minha calcinha?” hahaha. depois da quele ocorido na cuzinha nao temos nos falado utimamente.

Lambeu cada centímetro de meus seios grandes.

Eu cerrava e olhos e gemia numa mistura de dor e tesão, enquanto Vander metia delicadamente.

Mas ali, cavalgando o pau do namorado, ela era uma tentação.

Mas não falamos, então agora quero sua resposta.