Safada de Brasília chupando e gozando

Safada de Brasília chupando e gozando

Safada de Brasília chupando e gozando

Aproveitei e comprei também um creme lubrificante a base de água, práprio para lubrificaçao anal, quando entrei no quarto minha mulher estava se divertindo chupando uma pica deliciosa e sendo chupada na bucetinha, não me contive e pedi pro travesti enfiar na buceta dela(depois minha muher me ontou que já havia gozado no cacete do travesti antes de minha chegada), minha mulher ficou de quatro e o travesti enfiou tudo na bucetinha dela enquanto eu lubrifiquei seu cuzinho e meti tudo nele. Saí dali com a certeza de que estava plenamente satisfeita.

– Amanda: Desculpe, acho que esta na hora de ir embora.

Ficamos revezando os dedos por um bom tempo.

E ele me retorno me chamando de puta, safada, galinha, vaca, cadela, chupadora de pica, agasadora de rola e muito mais.

Assim fui tirando a sua calça, fui puxando e ela me ajudando, depois que tirei sua calça e joguei longe pude contemplar aquele corpo, magrinho, seios pequenos, mas bem desenhados, a cintura bem marcada, as coxas lindas, proporcionais ao corpo, bem desenhada, e aquela calcinha rosinha, cavada, que permitia ver seus pelinhos rasos na virilha me matavam de tesão.

Faz isso com todas? Pobrezinhas delas!…Estávamos já perto da Faculdade.

O branquinho olhou meu rabo e disse: porra, que estrago vocês fizeram no cú do cara!!!!!…… meu dedo entra folgado!!!…. Certa vez em Belo Horizonte, quando ainda havia cinemas no centro da cidade, encontrei um executivo de Brasília-DF terno azul marinho e gravata vermelha no banheiro.

Luiz Paulo ficou sem fala, mudo de tesão. Ele era uma pessoa fascinante, muito culto, meigo, sempre com a palavra certa para cada momento.

eu vou GOZAR…AAHHMMAIIIIIINN!Ela gozando, gemendo e gritando e eu ainda bombando, quando senti que ia esporrar tirei o cacete e subindo nela gozei naqueles lindos seios, ela pediu:-Na minha boca tio! Quero teu leitinho…Com prazer ela abocanhou meu pau babado e limpou-o gostoso, depois com as mãos coletou esperma dos seios e lambeu com gosto os dedos:-Gostoso teu leitinho tio…Nos dois descansamos um pouco, eu ainda queria provar aquele rabo, um cúzinho assim não passa sem vara se depender de mim, mas já estávamos muito atrasados:-Vamos embora Flávia, sua tia vai desconfiar.