Ruvinhosa cavalgando na rola

Ruvinhosa cavalgando na rola

Ruvinhosa cavalgando na rola

O instrutor encarou os dois e depois encarou-a e viu que ela sorria para ele.

Disse lhe que era a minha vez de chupar e ele todo contente colocou se a jeito, fiquei ali durante uns belos 5 min. "Amanda: que produção vc montou aqui pro mariik, está uma namoradinha bem gostosinha hein.

Decidimos então tomar banho, e la, transamos e gozamos muuuuuito tambem. Ia unir a fome com a vontade de comer, literalmente. E transavam, sempre os dois junto com ela…"Essa foi minha primeira e única experiência com um viado. Ela dá uma bronca nele, pede mil desculpas para mim e para minha esposa, e o leva embora.

Nessa alturas estávamos embriagadospelo álcool e pelo tesão. – Espera, espera- Disse arrancando toda minha roupa. Senti que meu pai também tava gozando dentro de mim.

O filme era sugestivos, um romance com muitas cenas pornô.

Calmo, educadíssimo, estudioso, mas não desprezava um bom papo e, com o tempo, algo mais ia rolando entre eles, até o dia em que ela e ele transaram, no apartamento dele.

E ele, então, puxou-a ao seu encontro. TROCA DE SORRISOS E DOIS BRAÇOS MUSCULOSOS ME CERCAM PARA QUE UMA BOCA ÁVIDA ENVOLVA A MINHA EM VOLÚPIAS DE PRAZER…ENTRAMOS EM UMA SALA PEQUENA, CIRCUNDADA POR SOFÁS LARGOS, NOS RECOSTAMOS PARA DAR SEQUÊNCIA A CARÍCIAS MAIS OUSADAS.

Se souber disso acho que ele morre… Mas você também se excita com a cueca dele? Não, eu nunca fiz isso, não sei pq está acontecendo isso, simplesmente parece que você está se masturbando justamente nos meus dias de folga e de manhã, pq sempre elas estão úmidas e hoje pq levantei mais cedo ela ainda estava melada… Olha Jonas, eu gosto demais do Ricardo, ele transa pelo menos umas três vezes por semana, não é carência, simplesmente eu não sei… Tudo bem, não vamos fazer uma tempestade, você gosta do cheiro e te excita certo? Sim, respondi nervosa… Pois eu vou te dizer uma coisa, não é que me masturbo nos seus dias de folga, é pq na coincidência acordei todos estes dias esporrando na cueca sem querer, pois já faz um tempão que não transo, pois antes de separar já não via transando a muito com a Ana (esposa do Jonas)… Então, você vai contar pro Ricardo? Claro que não, ele nunca entenderia, eu nunca entenderia e talvez nem você, se estivéssemos no lugar dele certo? Desculpa Jonas não vou fazer mais isso… Preocupa não Claudia, pode continuar fazendo, se você gostou e te excita pra mim não tem problema… Agora me aguarda na sala que este papo realmente mexeu comigo e é melhor eu tomar um banho gelado pra abaixar minha temperatura… Passei uma semana sem olhar pro Jonas e nem ele comigo… Mas chegou o dia de minha folga, e ele já estava trabalhando, estava sozinha de novo, levantei e fui ao cesto, não havia nenhuma Box lá… Fiquei conformada, e depois um pouco chateada… Quando foi a noite, o Ricardo havia comprado algumas cervejas e bebeu com o irmão, estávamos os três na sala, Ricardo apagou literalmente, e sem querer comecei a olhar pro Jonas, e de repente seu short começou a crescer, o pau dele estava ficando duro, parecia ser muito grande, tentei desviar, mas ele tentou ajeitar pra esconder e ficou pior pois a cabeça saiu pro lado de fora…Fiquei sem ação, não tirava os olhos, foi qdo Jonas disse que ia dormir e sem querer eu perguntei: Não vai terminar de ver o filme? Você não tem trabalho amanhã, termina de ver…Ele sem graça, sentou novamente, só q desta vez o pau continuava duro mas dentro do short… Comecei a imaginar mil coisas, sentia q devia estar ensopada… Ele levantou e foi à cozinha pedi que ele trouxesse água pra mim, qdo ele retornou, vi que Ricardo estava roncando no sofá grande, peguei o copo e ele ficou a minha frente esperando pra pegar o copo de volta, entreguei e sem pensar pedi baixinho: Posso? Ele sem entender… Posso pegar nele por cima do short só um pouquinho?Ele olhou assustado pro irmão e depois pra mim, mas antes dele dizer não, eu pus a mão por cima do short e segurei, senti q estava duro e era bem maior do que o do Ricardo. – Que bom que você veio, Kaplan! Perguntei pro meu pai hoje se ele sabia por onde você andava.

Ela ficou com o rosto e seus peitos em minha direção. Sempre no comando das ações, ele abaixou a sunga e deu um passo em minha direção.

Ele sentou e ela sentou em cima e ficou cavalgando.

ISSO ANTONIO, FODE, METE ESSA ROLA PEQUENA DE CORNO MANSO EM MIM, ANDA, TO MANDANDO VOCÊ METER, SEU BROXA.