Putinha No Baile Funk

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Putinha No Baile Funk

Putinha No Baile Funk

Lembrava muito o centro de São Luis , que tive o prazer de conhecer pela minha passagem rápida rumo a Mariana. Amarrei ele na frente, com uma folga, permitindo que de acordo com os meus movimentos o rapaz pudesse ter uma visão bem abundante do meu corpo.

Chegando lá assistimos por horas vários filmes e conversamos muito sobre sexo(ele era um negão mais lindo que já vi). Chegaram com um bolo, confete, serpentina, balões, parecia que ia ser um baile de carnaval, só faltavam as fantasias…E, como sempre, tudo começava de forma ordeira e tradicional, colocavam velinhas acesas no bolo, cantavam “parabéns pra você”, exigiam que ele fizesse um pedido e aí deixavam ele soprar as velas.

Ela se posicionou com sua bunda virada pra mim, abriu o cuzinho e pediu pra meter.

Sou adulta, estou excitada que mal a nisso.

Você continua minha putinha gostosa…aiii gatinho acho que eu vouuuuuu – aiiiimmmm"Meu primeiro conto, pretendo ckntar aqui todas as minhas experiências pessoais.

Acordei cedo, e todos estavam na cozinha comendo e se aprontando para ir à praia.

Meu saco batia nele enquanto meu pau entrava e saia daquele cu gostoso, fazendo ele gemer cada vez mais alto.

Confesso que fui pego de surpresa. Quando ele chegou eu o recebi feliz.

0 loirinho gemia e apertava a bunda de Luiz Paulo para que ele enfiasse mais fundo.

Mal deu tempo de sequer pensar em ligar a calefação da cabine e ela se aconchegou mais em mim, bem coladinha.

"Olá, este conto é totalmente real, aconteceu comigo em 2015. Fiquei deitado de lado, de modo que minha visão se direcionasse apenas para a parede. Matheus roçava o pau dele na minha perna, Joaquim brincava com meu mamilo enquanto Jonatan alisava e encoxava minha bunda.

"– Amanda:Não quero atrapalhar. Logo que chegamos, o cachorro dela veio todo faceiro cumprimenta-nos abanando a calda é um misto de fila com dálmata, é grande e muito bonito.

Dormimos as duas assim, com a TV ligada e com a panela de brigadeiro virada no chão ao nosso lado.