Putaria liberada magrinha bunduda metendo gostoso na xoxota negão dotado de natal – rn

2474 visualizações

36 seg

Categoria:

Tag: ,

2474 visualizações

36 seg

Categoria:

Tag: ,

Putaria liberada magrinha bunduda metendo gostoso na xoxota negão dotado de natal – rn

Putaria liberada magrinha bunduda metendo gostoso na xoxota negão dotado de natal – rn

Loira, uns 1,70 m mais ou menos 65 kg, bunduda e com uns peitoes maravilhosos e ainda por cima super cheirosa. Não era legal ver a esposa sendo esfregada na pélvis por um negão e ainda por cima beijando-a! Gil começou a sentir ciúme e quis acabar com a comédia naquele momento!Mas, então pensou nos cinqüenta mil dólares que já tinha recebido e mais o dobro quando a questão fosse resolvida a favor de seu cliente!! Então disfarçadamente virou-se de costas tentando acompanhar o ritmo da música.

Fiquem a vontade para comentar! Mulheres casadas, taradas, mal comidas, coroas de plantão deste Brasil, um abraço e beijo nas xoxotas de vcs!Johnny. Irineu aproveitou o fato de que era o mês do Natal e foi fantasiado de Papai Noel. Principalmente so morais, pois em nossa cidade a boca maldita não perdoa as pessoas mais liberadas.

Diante daquela cena a minha bucetinha começou a esquentar, ai eu fui obrigada a tirar a roupa e ajuntar se a eles, minha irmã me puxou e me deu um beijo na boca, sua língua enrolou se na minha e ela sugou com vontade, quando ela me largou, ela começou a rir e falou caralho maninha, você está com gosto de porra na boca, para disfarçar do meu marido eu falei, mas a sua também esta com gosto de porra, ela riu e falou, como você não estava aqui o seu marido gozou na minha boca e quem que gozou na sua, sem me preocupar falei, pois é maninha se você visse o garotão que gozou na minha boca, você também ia querer, meu marido deu uma tapa na bunda dela e falou, chega de conversa e vamos gozar, enquanto eu chupava a sua boceta ela chupava a minha e o meu marido socava o pau no seu cuzinho e assim nós ficamos rebolando, gemendo e gritando, até que gozamos praticamente juntos e nem dava para saber quem de nós três gemia mais alto, depois desse dia a minha irmã veio morar na minha casa e nós três dormimos na mesma cama e passamos a noite fodendo e se divertindo, agora somos um casal de três e de tanto chupar a boceta da minha irmã, hoje eu já estou pratica e experiente, para chupar uma bucetinha gostosa e fazer ela gozar bem gostoso na minha boca….

Ela respondeu com um tá certo, sem muita convicção, deu uma risadinha de lado e falou que se eu mudasse de ideia ela poderia falar com Jonas, segundo ela, um homem lindo, carinhoso, bem dotado e muito bom de cama, que eu iria adorar. Observei Anita assistindo a tudo com um vibrador em sua buceta, ele me pegou novamente e recomeçamos nossa putaria dessa vez eu comecei a cavalga-lo e a espanca-lo novamente a cada tapa eu me empolgava mais e novamente atingi o orgasmo tive um espasmo delirante e cai sobre ele, deslizei até o chão e comecei a chupar aquele objeto de prazer não podia deixar aquela briga sem fazê-lo gozar comecei a fazer uma garganta profunda repetidamente até que ele explodiu aquele leite quente em minha boca escorrendo pelo meu seios ele não se aguentou de pé e caiu sobre a cama, eu continuei a chupa-lo para sugar até a última gota. Era umas 10h levantei e fui buscar água e passei primeiro perto de Marcelinha, uma verdadeira Princesa, branquinha, parecia que foi criada no leite, cabelo longo com uma cor meio amarelada, tipo mel, magrinha, rosto lindo, peitinho tamanho “M”, que delicia, cheirosa. A partir daí comecei a trata-la como uma cadelinha e fui metendo que nem um louco vendo minha pica afundando dentro daquela ninfetinha que gemia, chorava, se contorcia, pedia mais e mais, e, numa rebolada mais forte ela soltou seu corpinho enquanto dava um gemido trêmulo, foi a primeira gozada de sua vida! July boquiaberta disse que queria também, então dei um longo beijo na boca de Andressa ( que estava extasiada) e puxei July para cima de mim para ensina-la a cavalgar.