Novinha safada abrindo o cu pra pica entrar

14 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

14 seg

Categoria:

Tag: , ,

Novinha safada abrindo o cu pra pica entrar

Novinha safada abrindo o cu pra pica entrar

Na terça, fui lá, ela me recebe toda sorridente, e mto gata, um vestido soltinho, decotado, quando ela virou eu morri, que rabão, tomamos umas e fomos chegando cada vez mais perto e rolou um beijo, e ai a coisa esquentou, ela estava mto tarada, fomos tirando a roupa um do outro e ela caiu de boca chupando mto meu pau, depois me beijava, eu chupei os peitos e fomos pro quarto, chegando lá deitei e ela veio chupando de 4 virada de lado pra mim eu coloquei dois dedos naquela buceta e comecei a socar, puxei ela para um 69 e ela delirou, depois coloquei ela deitado e cai de boca na buceta, chupei um tempão que ela acabou gozando, e veio pra cima de mim e cavalgou no meu pau e eu chupando os peitos dela, nessa posição ela gozou de novo, então peguei ela de 4 e fodi gostoso aquela bunda, queria comer o cuzinho, mas ela disse que hj não, nem me importei, continuei bombando naquele bundão tirei o pau de jorrei mta porra naquela bunda gostosa, óbvio que pela experiencia ela dava um pau na filha, era mto gostosa, mas a filha é novinha, super delicia, e eu queri continuar comendo ela rsss, conversamos e ela mesma disse que não queria que a larissa soubesse e se nós quisessemos sair de vez em quando ela dava um jeito, ela tinha separada fazia 1 ano e estava há 7 sem trepar, disse que saiu com um cara, mas que nao sai mto e tal, bom resumindo, continuei comendo mãe e filha, e a carol é claro, porém a carol meio que pulou fora do barco, a carol e a larissa treparam comigo juntas mais umas duas vezes e eu via que a Larissa tava meio com ciume princpipalmente pq sabia que eu tinha saido sozinho com a carol umas vezes, por isso a carol pulou fora, ainda fiquei comendo a Larissa e a Suzanne mae dela por uns 6 meses, até que ela arrumou um namoradinho, pois eu não queria namorar ela e a suzanne nao permitiria tb, ainda mais pq comia ela né, enfim, eu comi a suzanne por mais uns 6 meses e ai paramos, eu tb comi a Larissa de vez em quando, ela traiu o namoradinho comigo, pq dizia que eu era safadao, o carinha tinha uns 19 anos, mas por fim deu parei com elas antes que desse rolo, mas foi mto bom tudo isso.

– olha pra mim, safada! Falei isso e dei um tapa forte na bunda dela. "Depois da primeira transa ela se mostrou mais safadinha quando vinha para a consulta, quando estava vazio eu comia ela ali mesmo na maca, fechava o Box para o caso de alguém entrar, e comia ela bem gostoso, mas não socava com muita força pq já conheciaos gemidos dela, eu abria o jaleco colocava a rola para fora baixava a calça dela e colocava ela de quadro e fodia ela assim, as vezes quando estava cheio era só um boquete enquanto ela fazia o aparelho para tirar a dor nas costas, mas um dia foi muito louco, o consultório estava lotado, só um Box vago, e ela chega com o marido, me apresenta ele e ele sai para ficar aguardando ela fazer a fisioterapia, como sempre ponhoela no Box, fecho a porta, e assim que fecho ela me puxa me da um beijo e diz baixinho no meu ouvido, hoje quero que me coma com ele la fora, meu pau subiu na hora, mas falei que não dava estava muito cheio alguém ia ouvir, mas ela já tinha aberto meu jaleco e estava abrindo o zíper da minha calça, colocou meu pau para fora e chupou, ai toda razão já tinha sumido da minha mente, segurei ela pelo cabelo e fodi sua boca com meu pau, ela chupava como uma ninfomaníaca, e eu segurando para não gemer, ela parou de chupar levantou e tirou sua calça toda ficando so de calcinha e a camisa que estava, sentou na maca chegou a calcinha para o lado e me olhou, ela não precisou falar nada, passei a cabeça da minha rola no seu grelo, ela se estremeceu, falei no seu ouvido que ela não podia gemer, ela concordou com a cabeça e então eu meti nela, fui entrando bem devagar, sentindo sua boceta quente e melada de tesão, fui metendo mais forte e elame olhava com uma cara de devassa que minha vontade ela socar como um animal mas não podia, então segurei ela como frango assado e meti bem fundo nela, sempre olhandopara ela, fui socando mais forte, ela começou a revirar os olhos, quando senti que ela ia gozar, segurei ela pelos cabelos e dei um beijo nela para abafar qualquer gemido, senti seu corpo estremecer de com o gozo dela, e seus pelos arrepiarem, como sempre isso em deixa doido então soquei com mais força ela falou que queria o leite todo na sua boca, então tirei ela da maca, ela se ajoelhou com aquele olhar implorando por leite, gozei sua boca todinha, ela buscava minha porra com a língua depois de lamber minha porra toda ela engoliu tudo.

Em casa, sempre procurava entrar no quarto dela enquanto ela trocava de roupa, na tentativa de espiar alguma coisa.