Novinha Adolescente Branquinha Gozando Na Siririca

Novinha Adolescente Branquinha Gozando Na Siririca

Novinha Adolescente Branquinha Gozando Na Siririca

Particularmente, prefiro conversar com os mais politizados, ou aqueles um pouco mais maduros, que já conseguem pensar sobre outros assuntos que não sejam os tipicamente adolescentes.

meu marido tarado outro dia chegou em casa com varias roupas curtas para mim dentre elas uma frente unica linda branca e curtinha fiquei maluca ne ja pensei besteira quando meu marido diz amor esta branquinha é para uma tara que voce vai fazer pra mim.

No meu trabalho entrou uma novata, novinha, muito bonita e daquelas que quando bem estimulada topa qualquer coisa, nos conhecemos e fomos nos aproximando aos poucos, nunca menti pra ela sempre disse que era casado, mas mesmo assim não conseguíamos ficar longe um do outro, ela sempre me provocando e eu resistindo, um dia ela faltou no trabalho, quando estava na hora de ir pra casa ela me ligou, disse que queria falar comigo com urgência, liguei pra minha casa e avisei que chegaria mais tarde.

uma vez que ela quem colocou a camisinha nele,como se ela estivesse dando o aval final pra toda aquela putaria ele estava quase gozando no oral, ele me levantou com tudo do chão, novamente me colocou sobre a mesa,dessa vez de bruços arrancou meu vestido,tirou minha calcinha,fiquei somente com os saltos, segurou meus cabelos, me deu uns bons tapas na xana, na bunda, e mandava eu empinar a bunda, mais e mais, levei muito tapa, como se fosse uma menina levada sendo punida por estar querendo tanto o pau dele dentro de mim, e como se ele estivesse lendo meus pensamentos ele socou toda aquela vara de uma só vez, sem charminho ou enrolações, minha xota estava pingando não foi tão difícil assim,ele foi um animal,me comeu, meteu gostoso , me puxava pelo cabelo na intenção de colocar cada vez mais fundo,me pegava pela cintura, aquele som característico, mas tão gostoso, arrepios percorrendo pelo meu corpo, não escutava mais a voz da Clara,estava escutando o encontro dos nossos corpos e sentindo o formigamento na base da minha coluna que antecede a um bom orgasmo,sem vergonha alguma incentivei entredentes:Fode,Fode,Fode sua vagabunda…Me deixa toda arrebentada,não para de me comer e mostra para a corna da tua esposa como que uma puta tem que dar!Ouvi os gemidos guturais do Carlos,e as ultimas bombadas que acompanharam com sincronia a minha explosão gozei muito gostoso,ele se jogou sobre mim e ficamos alguns segundos nessa posição, a Clara se aproximou, e deixou um beijo no meu ouvido.

Nessa altura estava doido para chupar a buceta dela e meter nela , então ela pediu para ir ao banheiro , como lá tem 2 banheiros tb fui , ela demorou uns 10 minutos , estava em minha sala nú em pelo esperando por ela e nada , escutei me chamar baixinho com uma voz cheia de tesão , quando entrei na sala de reuniões ela estava sentada nua no sofá com aquele linda buceta tocando uma siririca e me chamando para festa , pois ela simplesmente era muito gostosa , de puritana não tinha nada , pelo menos ali comigo , me ajoelhei na frente dela e comecei a mamar a buceta e ela gemendo , gemendo de tando tesão enquanto isso meu pau já estava duro de novo pronto para outra gozada , foi quando ela começou a gozar em minha boca e eu continuei com língua no grelo dela que estava duríssimo , ela gozou muito , fiquei todo lambuzado com o líquido que saia de sua buceta , e que buceta por sinal , raspadinha , parecia um capô de fusca.