Negão metendo sem dó na frente do corno

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Negão metendo sem dó na frente do corno

Negão metendo sem dó na frente do corno

Fui para a escola sem nem falar com minha irmã pois sabia que ela tinha armado para mim, mesmo gostando do que aconteceu achei que ela deveria me defender! Minha sala era longe da sala de Rodrigo eu achava que se não saísse da sala fugiria dele, na minha cabeça ele só estava de onda, no meio da aula a professora me chama e fala que meu primo que falar comigo para ir logo e não demora, pensei primo? La estava ela Rodrigo ainda mais lindo com aquele sorriso quase tive um troço! Sai da sala e logo veio me agarrando pela cintura – não esquece do nosso encontro – eu – não dá minha irmã vai para lá com Paulo – então me espera na rua de baixo te deixo em casa vai? Nem respondi só sai andando na sala toda tremulaNa saída da aula lá estava ele em sua bicicleta me esperando na rua atrás da escola sem pensar em nada subi e ele saiu pedalando, eu estava com medo mas minha curiosidade era maior, logo chegamos em sua casa ele me falou que estava só aquela tarde entramos e ele me levou a te seu quarto, estava uma bagunça mas nem liguei fiquei olhando os posteris na parede quedo senti ele me abraçando por trás, não reagi queria muito aquilo só fiquei ali parada sentindo ele acariciar minha barriga e sentura enquanto se esfregava em mim, seu pau já estava duro podia sentir no meu bum bum, ele me virou de frente e beijou desse vez mais forte e intensamente quase perdi o folego, eu estava de saia de pregas e a blusa da escola ele me ergueu e colocou as maus nas minha nádegas firmes e apertou me puxando pra perto e me forçando a abrir as pernas e me colocou com as pernas em volta da sua cintura. Eu adorei levar chifre de café da manhã, fui conferir o estado que ficou a buceta dela, e chupei bastante estava bem molinha, pois havia acabado de ser comida, transamos e ela me chamava de corno manso, que era assim que ela me queria, bem mansinho, eu adoro ser corno dela, adoro chupar a buceta dela depois dela fudendo com outroAproveitei e fiquei atrás de Gabriel, roçando meu pau na sua bundinha redonda e lisinha arrancando arrepios dele que fazia movimentos de encontro ao meu pau.

Um dia minha avó foi ao mercado q fica cerca de 1 hora da casa dela e ficamos em casa sozinhos resolvemos nos beijar como sempre faziamos mais ela já estava crescidinha e bem gostosa então quando nos beijamos comecei a passar a mão nela nos seus peitos,na sua bucetinha e fui percebendo q ela estava toda molhadinha ela começou a acariciar o meu pau q t serca de 16cm mais e bastante grosso percebi q enquanto eu acariciava sua bucetinha ela gemia bem baixinho então n parei enfiei minha mão dentro do short dela e comecei a mastutbala ela gemendo alto, ela botou meu pau para fora e começou a chupar nossa q boca maravilhosa ela tem ela chupava e eu cada vez mais ficava com mais tesão foi então q eu acabei gozando na boca dela eu levantei tirei o short dela e comecei a chupar a bucetinha dela toda eu chupava sem parar então ela pediu para eu meter logo na bucetinha dela , formos pró quarto da minha avó ela deitou eu fui por cima entao ela me olhou nos olhos e disse vai primo tira oeu cabacinho eu n resisto e fui metendo fundo na quela bucetinha virgem ela geminha alto eu metendo sem parar ela pediu pra ficar de 4 então ela levantou e ficou e enrrolei o cabelo dela minha mão e comecei a meter fundo ela gemendo dizendo q ia gozar que queria muito gozar no meu pau ela gozou e continuacontecido então eu avisei q eu ia gozar ela disse q queria de novo na sua boca e gozei bastante na aquele dia e quando acabamos ficamos deitados rindo do que tinha acontecido. Então negão eu gostaria que nossa primeira desejada foda fosse no seu ap, porque ele faz parte de nossas história de tesões.