Negão metendo na mulher do corno sem camisinha

10 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

10 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Negão metendo na mulher do corno sem camisinha

Negão metendo na mulher do corno sem camisinha

Ele na mesma posição me manda continuar a chupar suas bolas enquanto ele coloca a camisinha, eu de joelhos no chão ele se levanta, coloco minhas mãos no sofá enquanto ele vai para trás de mim, fico de quatro e sinto aquele pau preto tocar minha buceta molhada pelo tesão e aceito sem problemas, e o vai e vem começa, eu olho para trás e falo o que também tinha vontade, dou um sorriso com cara de desejo e falo, – me fode negão, repito algumas vezes enquanto ele me chamava de vagabunda eu pedia pra ser fodida.

dei uma ajudinha dando uma lambida no pau do Paulo e passei a lingua no cuzinho da minha esposa deixando saliva nele pra melho entra pauzão de Paulo, fui tirando fotos de duas varas grandes e negras fazendo um sanduiche da minha esposinha tão frágil no meio daqueles grandalhões, ela começou agemer tanto e tão alto que fui obrigado a colocar meu pau na boquinha dela que agora só gemia abafado, era lindo de se ver ainda tirei mais algumas fotos e não aguentando mais em ver aquela cena linda gozei muito na boca de minha mulher que tratou de engolir todo meu leitinho ate a última gota… – olha meu corninho viado, olha como é gostoso dar pra dois machos de verdade… hummmm e gemia alto , me chamava de corno e viado e mandava eu aprender como se faz com uma putinha na cama… hummm confesso que não demorou muito, acho que com a ajuda da cena e do energético logo meu pau tava duro de novo, e mais lindo foi ver quando Paulo tirou o pau de dentro do cuzinho dela, arrancou depressa a camisinha e Jorge fez o mesmo, saiu da bucetinha dela e os dois em pé e minha esposa de joelhos levou uma chuva de jatos de porra no rostinho que lambuzou toda a boquinha dela, os cabelos e os seios, tudo registrado por fotos, ai me aproximei dela e dei um beijo na sua boca cheirando a pica e espalhei o creme dos dois pelo rosto, pescoço e seios dela que gemia de tanto ter gozado.

Ele olhou para baixo e disse:_ È acho que estamos precisando mesmo de uma mulher kkk_ Eu não.

Olá meu nome é Jorge(Nomes trocados pra proteger identidade) sou negro,tenho 1,69 tenho 18 anos,tenho 18cm de pica,chega de apresentação, tudo começou na escola com meu professor de História, Leandro,um homem novo, sarado,gostoso,olhos castanhos,deixava todas as meninas da sala excitada,e a mim também, eu sempre tava um jeito de sair por último da sala pra ficar só com ele,e sempre soltava uma piadinha pra ele saber que eu tava afim dele,certo dia pra meu azar(ou sorte) fiquei ate muito tarde no colégio e o ônibus que levava a gente pra casa já tinha saido,e estava sem dinheiro de transporte pra pegar um ônibus,e do lado de fora do portão vejo uma mão me chamando pra sair da escola,era ele,me ofereceu uma carona,aceitei e entrei no carro dele,conversamos bastante sobre suas aulas,até que o assunto mudou pra sexo,ele me perguntou se tinha alguma aluna que eu já tinha ficado, respondi a ele que não curto muito mulheres,ele ficou em silêncio por um tempo, depois me perguntou se tinha algum professor que eu pegaria,fiquei calado por a resposta seria ele,ele repetiu a pergunta, eu falei que era ele,ele me olhou e ficou em silêncio, e disse tem alguma coisa pra fazer em casa? Respondi que não,ele falou então vou te levar em um lugar algum problema? Respondi que não e ele me levou pra sua casa, chegando lá ele mandou eu sentar,me ofereceu bebida e foi tomar banho,e voltou só de toalha, e assim ficou o tempo todo,bebemos e ele me perguntou se gostava de tatuagem, disse que de algumas,então ele tirou a toalha e ficou nu na minha frente me mostrando a tatuagem que tinha na virilha, fiquei sem ação em vê aquele homem que sempre desejei nu em minha frente,ele já estava de pau duro como rocha e não aguentei e botei em minha boca,era muito grande e grosso mau cabia em minha boca,mas me esforcei o maximo pra engolir aquele pau,ele me deitou no sofá tirou minha roupa,e começou a chupar meu cuzinho,lembia tudo e eu gemia feito louco sempre sonhei com aquele momento, então fizemos um 69 delicioso,ate que pedir pra ele meter aquele pauzao no meu cuzinho,ele me botou de 4 e foi colocando a cabeça do pau era muito grande,doeu bastante, então ele foi metendo e me masturbando pra aliviar a dor,e quando abriu meu cu,ele empurrou de vez,foi uma dor grande,e um tesão maior ainda,ele foi metendo devagar e assim a dor foi passando,ele começou a bombar mas forte,e eu gemia bem alto,e ele metendo bem forte e rápido e batendo em minha bunda,então ele me virou de frango assado e foi metendo e a vontade de gozar foi chegando então ele começou a masturba e eu gozei ele me comendo então achei q ele iria parar,mas não eu não aguentava mas e ele me botou de lado e começou a bombar e eu gemendo feito doido e já chorando de não aguentar mais aquela pica,então ele tirou a pica do meu cu e gozou em minha cara,tomei banho e ele me levou embora pra casa.

ISSO ANTONIO, FODE, METE ESSA ROLA PEQUENA DE CORNO MANSO EM MIM, ANDA, TO MANDANDO VOCÊ METER, SEU BROXA.