Morena rabuda chupando pauzão com vontade

3331 visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

3331 visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Morena rabuda chupando pauzão com vontade

Morena rabuda chupando pauzão com vontade

Eles se beijaram e começaram a se amassar na piscinaAchei legal e comecei a brincar dizendo que deveríamos contar algo sexual que tínhamos vontade de fazer.

– Puta pauzão gostoso, grande e grosso – disse ela antes de enfiar a língua em minha orelha. ""Fui convidado para trabalhar na política neste ano, e estava vendo as pessoas que iriam passar os três meses comigo, naquela campanha, havia varia pessoas interessantes, algumas meninas até que bonitinhas, mas uma me chamou mais a atenção, ela estava de cabelo vermelho, que descia até o meio das costas, um corpinho escultural cintura fina, bundinha redondinha e arrebitada, as pernas grossas bem torneadas, os seios médios e duros, dava para ver tudo isso por que a roupa que ela usava acentuava bem suas formas, escutava os organizadores falando, mas não tirava os olhos da ruivinha, então foram separar as equipes, eu rezei para pegar a equipe dela, logo foram chamando e montado os grupos, ela não havia ainda sido chamada e nem eu, foi então que a chamaram, assim fiquei sabendo seu nome, Jessica, e logo após chamaram Larissa, uma moreninha lindinha e bem gotosinha, e Rafael um rapazinho bem afeminado, que vibrou dando gritinhos, com certeza os três eram amigos, então como eu tinha um carro fui chamado para ser o motorista desta equipe, quase pulei de alegria, mas não demonstrei, e após a reunião nos reunimos, eu, Jessica, a Ruiva gostosa, Larissa, a morena linda e Rafael, o rapazinho animadinho, conversamos um bocado na apresentação e cada um contou um pouco sobre si, Jessica disse que estava morando com um cara já fazia uns dois meses, Larissa disse estar solteira e o Rafael disse estar à procura de um bofe, rimos muito, e ficou combinado que no dia seguinte, as 08h00, todos estariam ali prontos para começar o trabalho. Na hora eu obedeci como uma cachorra, chupava com vontade passando a língua na cabeça e depois chupando aquelas bolas, Igor gemia como um virgem e me deixava cada vez mais excitada.

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.