Morena comendo amiga com um strap on

4008 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

4008 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Morena comendo amiga com um strap on

Morena comendo amiga com um strap on

Embora o clima fosse de total descontração tinha uma tensão entre nós provocada pelo tesão e pela situação que nunca tínhamos vivenciado, com muito mais facilidade subimos e sentamos ao lado dela no barco.

Comecei a ficar preocupado se algum cliente chegasse naquele momento, à coisa ia ficar estranha.

Fui cada vez mais estrapolando, olhava para ele 24h por dias, cheguei até espiar ele tomando banho, comecei a sentir tesão pelo meu próprio filho, eu já estava completamente tomada, cheguei pegar shorts meus e cortar bem mais curtos que já eram, comprava calcinhas fio dental e usava com roupas transparentes, beby doll então comprei uns 5.

Dentro cabine elas continuaram suas carícias, ai o tesão foi mais forte, trocamos os casais e comecei dar um bjo e coloquei para me chupar enquanto Fran fazia o mesmo com nosso amigo, fiquei um tempo olhando ele receber uma chupada das duas e depois fui contemplado, nunca tinha recebido algo assim antes, não chegamos a fazer a troca completa, não me lembro o motivo, mas acabamos transando cada um com seu casal, mas vendo Fran e amiga trocando bjos. – Continua, vai…E assim, obedeci minha amiguinha.

”Marcos enlaçou a cintura da morena que começava a ir na direção da escada da piscina, encoxando-a. – Agora quero ver o Maneco comendo você, Luiz Paulo.

Depois de uma hora ele chegou e já foi me abraçando e beijando. Ela se contorcia toda, e dava sinais que estava gozando.

No meio do caminho ele me bateu de costas na parede e voltou a me beijar, eu entrelacei as pernas na cintura dele e ele me carregou assim o resto do caminho para o quarto. Mas ele só gozaria se ela abocanhasse.

Esses pensamentos vieram a sua cabeça em segundos e ela parece que percebeu, pois sorriu para ele. Eu aproveitei que o único incomodo já não ligava mais e resolvi mandar ver.

Só não conte para ninguém. Hoje já somos vinte e quatro casais e sem qualquer desistência.