Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Esposa Gostosinha Demais Comendo Esposa Vagabunda Taradão Carioca De Serra Do Rj

10 min

Categoria:

Tag:

visualizações

10 min

Categoria:

Tag:

Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Esposa Gostosinha Demais Comendo Esposa Vagabunda Taradão Carioca De Serra Do Rj

Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Esposa Gostosinha Demais Comendo Esposa Vagabunda Taradão Carioca De Serra Do Rj

– Seu idiota! Num sabe que caçar é proibido?!Depois de ler este conto, acesse o vídeo em:Depois de muitas conversas e várias discussões minha esposa passou a entender que também sentia falta de algo novo e mais quente, entretanto havia ao longo da vida adquirido padrões vitorianos de liberdade sexual, para entenderem até mesmo se tocar ela ainda não dominava e nem mesmo sentia o prazer de verdade que isso pode dar.

mais o que me deixa com a buceta latejando de tesão foi assim: Estavamos tirando um final de semana numa serra, com cachoeira, alugamos um lindo chalé, e dava para ouvir o barulho das aguas correndo de dia e de noite, mas vamos para o que interessa. Ele na mesma posição me manda continuar a chupar suas bolas enquanto ele coloca a camisinha, eu de joelhos no chão ele se levanta, coloco minhas mãos no sofá enquanto ele vai para trás de mim, fico de quatro e sinto aquele pau preto tocar minha buceta molhada pelo tesão e aceito sem problemas, e o vai e vem começa, eu olho para trás e falo o que também tinha vontade, dou um sorriso com cara de desejo e falo, – me fode negão, repito algumas vezes enquanto ele me chamava de vagabunda eu pedia pra ser fodida. Nesta altura, como estava tudo liberado eu cai de boca na xota de minha esposa puta, quando ela começou aumentar os movimentos me empurrou e enfiou a buceta na cara de Mauro que não fugiu a chupou com maestria, não resisti e passei a mão na bunda dele e Carlos fez o mesmo e enfiamos os dedos no cu dele ao mesmo tempo em verdadeiro contorcionismo eu e Carlos ficamos beijando a boca de Andressa e acontecia das três línguas se encontrarem, não resisti fiquei de pé e coloquei a pica na boca de Andressa enquanto Carlos a beijava, aí foi gostoso demais, os dois ficara mamando minha pica, hora um de cada lado da pica, outra hora alternando de uma boca para outra. "meu nome é David, sou moreno cor de jambo, tenho 25 anos, não sou magro nem gordo tenho 1,80 de altura 80 quilos,tudo começo quando começou quando um dia minha chefe pediu pra que eu levasse ela no banco, pois o carro dela estava na oficina, no caminho ela recebeu uma ligação de seu marido, que pelo que deu pra entender ele a tratou mal, e pelo que parecia não tinha sido a primeira vez, depois que ela desligou ficou se lamentando dele, dizendo que ele merecia ser traído e mais umas coisa, dai pensei é a hora de atacar, pois sempre fui tarado nela, uma morena de 1,70 de altura peitos médios, bunda tamanho GG linda e uma bucetinha pequenininha e apertada…logo comecei a consolar minha chefe e percebi que ela estava decidida a ir fundo na traição, não me deixei perde tempo, mesmo dirigindo comecei a passar a mão na perna dela e consolando ela sempre me dizendo que eu era gentil e que eu deveria ser um ótimo homem, depois de muita conversa chegamos ao banco ela resolveu o problema e decidimos sair pra almoça, leve ela a um restaurante bacana, la conversamos e ela começou a se insinuar pra mim e perguntou se eu teria coragem de ficar com ela, eu disse que sim que ela era muito bonita nova charmosa, só restaurante sem muitas conversa ela já mandou eu ir pra um motel próximo disse que o marido iria ter o que ele queria, fiquei sem palavra e apena obedecia levei o carro ate um motel, ela já bem soltinha acariciava meu pau por fora da calça mesmo, quando entramos no motel ela me deu um beijo e disse que estava doida pra dá, disse que o marido dela não a comia ela e quando ele comia era só uma transa rápida, ela falou que queria um homem de verdade, e eu a mostrei que sou um homem de verdade, já fui abrindo o zíper da calça e ela se surpreendeu com o tamanho do cacete já duro ele mede 19 cm, ela falou nossa é o dobro do corno do meu marido, eu apenas sorrir e a puxei pra que ela a mamasse, e sem frescura ela caiu de boa nele, chupava deliciosamente, mas meu intuito era outro era aquele rabo delicioso, sem demoras coloquei-a de 4 e metir forte naquela boceta que era apertada ela gemia gostoso rebolava como se meu pau fosse o melhor, depois de uns minutos ela gritou mais rápido seu tarado, vai me fodeee porraaaa eu vou gozaaa, sentir que a buceta dela ficou mais lubrificada e mais quente, era o gozo da minha chefinha que delicia eu fiquei loco com aquela cena eu comendo aquela buceta olhando aquele cuzinho piscar pra mim não deu outra gozei dentro dela quando tirei o pau dela ela olhou e falou quero mais,vou contar no próximo pra não ficar cansativo, mas foi uma foda maravilhosa comer minha chefinha!!!"Sentados, saboreamos uma deliciosa cerveja. – Olha pra ele sua vagabunda, acha que ele sabe que a irmãzinha dele é uma puta?Eu disse falando baixo, e ela apenas gemia, já sem se conter, eu estava a ponto de gozar, então a segurei pelo quadril e diminui o ritmo mas aumentando a força, nesse momento eu soltei um suspiro abafado e meu corpo todo se enrijeceu, como acontece quando temos um orgasmo extremamente intenso, sentia cada jato de porra dentro daquela bucetinha e gemi alto, alto demais, e nesse momento algo inesperado aconteceu.

"Qual vai ser a sua Caio?-Eu já sei oque fazer…E quanto a você Didi? Vai fazer oque?Eu preferi abrir mão de qualquer coisa, então disse:-Já me contento com qualquer coisa que Caio fizer…-Está com peninha Didi? Depois de tudo que aconteceu? Vai deixar barato?"No conto anterior,relatei a transa que tive com uma garota de programa que conheci em um puteiro e agora venho contar a delícia de foda que tivemos entre eu, Leona e meu amigo Lucas,ele tem 27 anos,é branco,tem 1,80 cm +-,corpo médio forte,cabelos pretos e é taradão por mulher assim como eu. Falou amorzinho posso dividir com minha amiga ? Falei que ta loca ? Ela falou sim to loca mas pra chupar aquele pausao ali tambem deixa vai ! Me deu uma sensacao de raiva e tezao ao mesmo tempo e um calorao subio ai respondi sim aproveita e quando vi minha esposa se agachando pra chupar outro homen na minha frente ai me deu mais tezao ainda ela pegou o pau do roger com uma vontade e colocou na boca e chupava com tanta vontade que ate esqueceu de min ea patricia lambendo o saco dele e falando david olha so que delicia de pau que tua esposa ta chupando vem ver mais de perto ai me aproximei e falei como esta gata ela com o pau de roger na boca so fez sinal de ok e continuou chupando e patricia tirou da boca de minha esposa e continuou a chupar o roger minha esposa estava de saia eu levantei a saia dela e coloquei meu dedo na buceta dela que estava escorrendo e A patricia falou como esta ai molhadinha aposto? Falei sim esta e muito e minha esposa de quatro ainda chupando eu tirei meu pau para bater uma punheta por que"Oii pessoal, estou aqui para relatar o que aconteceu comigo a uns meses atrás. Assistimos filmes pornôs e imitavamos as cenas. Estava eu na beira da piscina passando protetor quando Bruno passa de bicicleta e diz:– Nathalia!! Olha só que gostosinha hein! Tá sozinha linda?– Oi Bruno!! Estou sozinha, quer vir tomar sol comigo?Bruno entrou e tirou a camiseta, sempre que eu olhava para aquele tanquinho me subia um tesao inexplicavel. "Bom sou novo aqui então vamos a apresentação, me chamo Viktor,21anos,carioca,moreno(pele clara),careca,pênis de 17cm(nada grande,mas na medida pra dar prazer a muitas mulheres). Chegamos ao sitio por volta de oito da noite, assim que chegamos ela foi tomar um banho e eu fiquei a conversa com o caseiro sobre as tarefas da semana. Eu coloquei o meu celular para gravar o áudio porque meu namorado corninho queria ouvir tudo depois eu eu chegasse em casa! O Paulo começou a me pegar e me beijar, me encostou na parede, depois me virou e pegou na minha bunda e encostou o pau dele na minha bucetinha (fiquei tarada nessa hora).