Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

visualizações

61 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

Funkeira Rebolando O Cu Na Pika

Pensava: “Esse cara deve ser bom decama”. "A história que venho contar acontrceh ontem na minha casa,estava eu e Luiz sozinho na minha casa brigando do nada,veio aquela safadeza na minha mente,maldade nele que acabou a briga… Cheguei perto dele começei beijar ele loucamente no sofá,beijando ele que nem uma louca msm,ae beijo vai,beijo vem,sentei no colo dele começei a rebolar bem gostoso continuando beijando ele né,Luiz nada safado abaixou a alça da minha blusa começou a chupar meus peitos com tanta vontade que chega minha buceta ficou molhadinha,eu ja doida ali pra dar pra ele,chamei ele pro meu quarto,deitamos na cama tiraos a roupa e começamos transar bem gostoso,Luiz veio por cima de mim ja saiu metendo o pau dando varias estocadas bem firme eu la delirando de prazer gemendo baixinho no ouvido dele: – Falando pra ele me fuder mais e mais pq tava gostando…Ele meteu meteu tanto que gozei, depois mudei a posiçao fiquei por cima dele rebolando sentando horres fiz ele gozar e continuei sentando e rebolando,Luiz do nada começou a me fuder bem gostoso e eu amando aquilo tudo né gemendo bem alto pra ele me fuder mais e mais que queria gozar mais ainda no pau dele,ele entao atendu o pedido e meteu com uma força do crl eu ja doida ali,metia junto com ele,ate que os dois gozaram junto,depois fizemos um 69 ele me chupando e eu chupando aquele pau delicioso e depois ficamos na cama um do lado do outro Luiz chupando meu peito com muita vontade eu dava ate uns gemidos bem baixinho… Depois paramos e descansamos do lado do outro la pensando que a cada dia que passa a gente transar cada vez melhor….

Quando aprendi a me tocar,me masturbava com as mãos,sentado ou deitado na cama com travesseiro por baixo de meu corpo de modo que,com movimentos de vai-vem,chegava facilmente ao orgasmo mas com meu amigo de pelúcia eu ia ao delírio,sentia todo o meu corpo ficar arrepiado.