Chupando o cu do marido

3531 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: ,

3531 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: ,

Chupando o cu do marido

Chupando o cu do marido

– Tu atirou em mim!!Apresentações,explicações e justificativas dadas,já estava sentada na cozinha com o kit de primeiros socorros e a Clara me limpando, era uma mulher digna de se olhar mais de uma vez,um belo espécime de fêmea,bem clarinha como seu nome, sem nenhum sinal ou sardas, loira, estava com os cabelos em um coque meio solto, com aqueles fios pendurados que te fazem querer colocar atrás da orelha, estava vestida com uma camisola de alças finas, comprida de um tecido bem delicado, fiquei imaginando que nem com cem anos de prática teria o potencial para acordar tão linda, ela tinha uma voz gostosa de se escutar.

Veio abaixando o corpo até que sua xotinha chegasse em minha boca e eu lambi bastante aqueles lábios e o grelinho. Conheci meu vizinho quando criança, mas como ele já era adulto não tínhamos muito contato. – Era seu marido?– Sim, ele vai demorar, parece que tem um pepino grosso pra ele descascar na obra.

Por exemplo, seu gostoso boquete, só foi experimentado por mim.

Essa foi A foda!! Nao vejo a hora de repetir a dose!Agora era nossa vez de pegar, estava somente eu de cueca e o M. -Foi só isso?-Olha cara, enquanto ela dizia isso meu pau não sei porque ficou duro e ela acabou percebendo.

Eu era inocente, virgem, curioso… acabava colocando o pau pra fora. -ele enfiou seu pauzão de uma só vez e eu gritei-Gemi piranha, gemi na pica. Depois de muitos amassos e de fazê-la gozar por duas vezes chupando-a e com os dedos … aato contínuo esfreguei meu membro à entrada de sua xotinha que estava extremamente molhada e estrava devagar sentindo o seu corpo tão próximo ao meu, era ótimo eu puxava seus cabelos e apertava seus seios, ardendo de tesão, ela gemia em meu ouvido falando coisas excitantes e dizendo pra entrar mais forte nela pois estava à beira de outro orgasmo. Parecia que queria me engolir, ele lambia meu saco, metia seu dedo no meu cu enquanto chupava forte meu pau até o talo. Quando eles se encontraram, na casa do Laerte e Angelina, foram com as roupas comuns. No primeiro momento exitei (até por que não o conhecia pessoalmente), mas acabei cedendo e fui. Nos encontramos e ele me deu um beijo, aquela boca maravilhosa de lábios extremamente largos… que delícia. – Nem vem! – protestou ela ante a possibilidade (remota) de que eu viesse a baixar a calcinha.