Cavalgando e rebolando no caete do amigo Ale

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Cavalgando e rebolando no caete do amigo Ale

Cavalgando e rebolando no caete do amigo Ale

""Eu sou a Leila, tenho trinta e dois anos, sou casada e não tenho filhos, apesar dos meus trinta e dois anos o meu corpo continua o mesmo, seios durinhos, coxas grossas e uma bundinha arrebitada, que causa confusão por onde eu passo, mas a minha irmã casula e muito mais bonita e muito mais gostosa do que eu, ela tem vinte anos é solteira e tem um corpo que é um espetáculo, confesso pra vocês, apesar de me achar uma mulher fora de serie, eu sinto inveja daquele corpo perfeito que ela tem, até o meu marido, que morre de ciúmes de mim, vivi arrastando as assas pra cima dela, eu já peguei os dois varias vezes de segredinhos um com o outro, quando eu chego perto eles mudam de assunto. Não deu outra, ele passava direto onde ela estava e cada mais vez indiscreto.

EU NÃO ESPERAVA ME DEPARAR COM UM VISUAL TÃO LINDO: CÉU POUCO ESTRELADO, PORÉM COM UMA LUA FANTÁSTICA FLUTUANDO BRANCA NO FIRMAMENTO! O AMIGO COMEÇA A TOCAR E D. Quando achei que estava bom fui com cuidado empurrando minha estaca e a Flavinha foi ajudando abrindo bem as nádegas com as mãos e rebolando.

De imediato encostei meu pau duro nela que ainda estava de quatro para ela sentir a pressão do porteiro, ela falou: “Nossa, que delícia”. Já estava quase no horário em que os dois haviam combinado de sair, Leon estava pronto aguardando sua esposa, Maya saiu do quarto bem maquiada, cheirosa, vestida de MULHER GATO , ela estava realmente muito bonita e sexy. Eu sempre tenho esses sonhos deliciosos, mas foi assim que decidi tentar ficar com uma mulher pela primeira vez… Eu sonhei com uma amiga minha, ela mais baixinha que eu e mais morena tb, tinha um bocão lindo e um corpo que eu invejava e desejava… Abraçava ela é bulinava… Hum era mt bom.

Ela estava usando um shortinho enterrado em sua bunda gostosa e um top apertado que deixava seus seios ainda maiores. E após 1 minuto gozei muito. Via os olhos dela revirarem, as narinas se dilatavam… que coisa era aquela!– Deita ai no chão, Caio, quero pular em cima de você!Ele fez como ela pedira e ela, num segundo, já o estava cavalgando, celeremente.