BUCETA 10 NOVINHA SAFADA BATENDO SIRIRICA NA BUCETA CABILUDA

6 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

6 min

Categoria:

Tag: , ,

BUCETA 10 NOVINHA SAFADA BATENDO SIRIRICA NA BUCETA CABILUDA

BUCETA 10 NOVINHA SAFADA BATENDO SIRIRICA NA BUCETA CABILUDA

A esta altura Kelly tocava uma siririca maravilhosa, e, pegando meu caralho lambuzado, o engoliu dizendo que queria sentir o gosto íntimos de minha comadre.

Depois disso eu fui tomar um banho e aproveitei para tomar um remedinho, kkk Marcelinha ficou deitada na sala e Claudia foi ficar na rede da varanda, tomei uma banho demorado e quando voltei Marcelinha estava desmaiada na sala, sono profundo sai na varanda e fiquei conversando com Claudia, depois de um tempo ela foi colocar a miga no quarto, ficou uns 20 minutos as duas no quarto, já estava começando a pensar que só no outro dia iria ter alguma coisa, dei uma cochilada no sofá e acordei na hora que Claudia abrindo a minha bermuda, ela deu um sorriso e disse :C – Pensei que a Marcelinha não iria pegar no sono e deixar você para mim,RSSEla começou a mamar da mesma maneira de antes, assim o pau só apontava para o teto, falei para ela que queria sentir sua buceta de novo, ela sorriu e falou com uma cara de putinha (só a buceta) caralho ela também queria me presentear, começamos com ela por cima cavalgando eu chupava os peitinhos dela, não dava para colocar os dois bicos ao mesmo tempo na boca como eu gosto, mas era uma delicia sentir a bunda gostosa dela nas minhas pernas, apertar aquele rabo gotoso, passamos um tempinho assim e depois levantei ela no colo, segurei ela no ar e cocei a socar nela forte, ela começou a gemer gostoso, a morder meu pescoço deixando marcas, na hora o tesão falou mais alto, pensei foda-se para as marcas, percebi que ela estava para gozar , ela pediu para encostar ela na parede, prontamente pressionei ela e fiquei socando até ela para de gemer e ficar só ofegante, me chamando de puto, FDP, safado. Em casa ninguém desconfiou, provas de vestibular são demoradas e não falaram nada, a noite com a conciência pesada dei um trato caprichado na patroa,não queria deixar rastros…Os próximos tres dias foram muito especiais para mim, me achando muito gostoso pensava afinal o que tinha feito para merecer uma novinha assim, uma coisinha tão gostosa.

Da outra, a vovó,a da lenha pra queimar,a do decote! Pensei isso e meu pau ficou mais duro ainda!Ela tava de vestidão,o peito podia estar de fora!! Fui no sofá e ela de conchinha virada pro acento coberta,azar!Mas dormia fundo e eu com pau na mão comecei a erguer o edredom,o vestido acima da cintura com uma calcinha preta linda, loucão a coragem veio e cai de boca na calcinha preta pelo rego batendo punheta, sem noção do perigo.

voltou tomou uma agua e ficou vendo sua amiga que rebolava e nos curtindo o pau entrando e saindo da buceta da patriciaComecei a gemer, excitada e nervosa, enquanto ele passava o cacete na entrada do meu rabinho, apenas brincando com a cabecinha, para que eu pudesse relaxar.

Ao encostar a língua na minha xaninha, ele disse:” ahhh que tesão, é exatamente o gosto que eu imaginava enquanto batia uma com suas calcinha na boca, tesão!”Aquele homem conseguiu atiçar o meu lado mais safada, mais pervertida possível.