Novinha batendo siririca no banheiro - 1 min 14 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

837 visualizações

vote:

Na cama ele só faz sexo na posição de papai e mamãe e quando eu começava a me esquentar, ele já tinha gozado e sempre me deixava na mão, quando eu pedia pra chupar o seu pau, ele ficava bravo e não deixava, mesmo quando eu oferecia o meu cuzinho pra ele comer, ele brigava comigo e falava, que isso era coisa de puta, que mulher direita não fazia isso, eu morria de vontade de dar uma boa gozada e era obrigada a me masturbar sozinha o tempo foi passando e a cada dia que passava, eu ficava mais carente e angustiada, as siriricas que eu batia, já não estavam mais fazendo efeito.

Quando dei por mim o amigo grandão me pegou por trás nossa minha bunda sentiu aquele negócio grande dentro dos shorts me esfregar, me arrastaram para o quarto, Luiz subiu na cama ficou de joelhos com o pau para fora, cacete de tamanho normal mais grosso, mais grosso do que o do meu marido, eu subi engatinhando e cai de boca chupando sem parar e naquele momento lembrei dos filmes pornôs que eu assistia com Pedro, hummm, quando dei conta e olhei para traz senti uma língua maravilhosa me chupando próximo ao meu cuzinho, continuei chupando Luiz um certo tempo, até que eles trocaram de lugar, o Luiz foi me chupar e então veio o amigo, o Júlio, nossa senhora, só tinha visto uma pica grande e grossa assim só em filmes pornô e mesmo assim achava que era alguma montagem, mais estava ali na minha frente um cacete enorme e grosso nossa muito grosso, negro da cabaçona roxa escuro, mau entrava na minha boca, peguei com as duas mãos e fique ali deslizando a língua nele todinho, e peguei nas bolas eram imensas um sacão danado, me viraram de barriga para cima e então me assustei bastante pois ao olhar para a porta vi Pedro meu marido que havia entrado porque ele tinhas as chaves e eu não tinha escutado nada, em pé na porta do quarto com o pau para fora batendo uma punheta e nos olhando, mas acho que os dois já sabiam que ele estava ali olhando, pois continuaram como se nada estivesse acontecido, ai eu levantei com a boca cheia de gosto daquela pica enorme que estava chupando e lasquei um beijo de língua em Pedro que na mesma hora me beijou intensamente eu parei e disse em seu ouvido está gostando da sua nova putinha, ele disse baixinho também, estou adorando, era a minha confirmação do que eu havia imaginado mesmo, puxei ele pelo cacete para participar da brincadeira também.

Esperei ela entrar no box e dei a desculpa que precisava ir ao banheiro. "Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo.

Ver Informações