Gostosa dando o cu para o amante negao - 52 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

70 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

-Ia bate uma pra aquela gostosa da Rita, veio de jeans apertadinho hoje, agora se vai mama, engolir e quietinho se não vou quebra sua cara. Agarrei seu membro, com carinho, ele gemeu novamente, comecei a massageá-lo devagar, como amantes se beijam após o sexo.

Caio deitou no sofá e eu sentei devagar naquele cacete gigante, sentia entrar devagar quase me rasgando, doía um pouco, mas logo relaxei e galopava com tudo e sentia aquele pau indo fundo, minha bunda estava pra cima e de repente Pedro veio com tudo e com força enfiou todo o seu pau no meu cuzinho agora não mais virgem, quase desmaiei de dor e tentei sair dali mais Pedro ficou em cima de mim me segurando e eu não conseguia me mexer, ficamos parados ali e eles me falando pra acalmar que logo a dor ia virar prazer e não é que eles estavam certos, depois de algum tempo já estava relaxando e Pedro começou a bombar devagar e aquele dois cacetes enormes dentro de mim foram me dando cada vez mais prazer, depois de um tempo eu já estava gritando:– Mais forte, fode gostoso esse cuzinho virgem.

Ele chupava tanto mas tanto meu grelo que ele ficou inchadinho e minha xotinha toda desbeiçada, eu não conseguia parar de olhar pra ele lá embaixo se deliciando com a minha buceta carnuda e molhada, ele começou a meter dois dedos na minha xaninha enquanto me chupava até sair caldo, eu comecei a rebolar nos dedos dele, e assim seguimos por mais dez minutos, ele levantou quando ouviu uma batida na porta do banheiro, era minha mamãe perguntando se eu estava ali, ele safado, tirou o pau pra fora uma rola grossa preta, e com o cabeção meladinho, e mandou eu ficar de quatro eu não podia pq lá fora estava minha mãe, ele me colocou apoiada na pia, e com o bundão empinado pra ele, e começou a meter no meu rabinho virgem, ele safado um cachorro se aproveitou que eu não podia gritar de jeito nenhum e começou a me enrabar sem dó nem piedade, eu mordia meus braços pra não gritar, ele socava e eu sentia minhas preguinhas do cu apertado se abrirem, a dor foi amenizando e a ideia de saber que eu tava sendo fodida enrabada por um macho gostoso, safado, e experiente lá dentro do banheiro enquanto meus pais estavam lá fora me procurando me deixou mais excitada, todos preocupados comigo e eu dando meu rabo gostoso, foi quando eu ouvi meu pai gritar meu nome desesperado, ligava pro meu celular que tinha ficado no meu quarto, e nisso eu senti a porra quente e gostosa do negão caralhudo escorrer cuzinho à baixo… que transa gostosa, pena que foi rápido, mas vamos marcar a próxima""Depois que minha mãe saiu ficamos vendo filmes e ele sempre me olhava.

Ver Informações